Microscopia do Mel

Os estudos do pólen presente no mel surgiram no final do século XIX na Europa. Na década de 1970, a melissopalinologia estava bastante adiantada, e o mel produzido em quase todo o continente europeu já era caracterizado geograficamente pela determinação dos grãos de pólen nele presentes.

No Brasil é comum encontrar o pólen de Eucalyptus, como dominante nas amostras de mel. Além deste, os mais comuns são Citrus (laranja), Hyptis (erva-canudo), além de diversas Asteraceae, Mimosoideae e Rubiaceae.

Os méis são caracterizados através da análise microscópica como:

Mel monofloral - presença de um só tipo polínico

microscopia1

Mel monofloral de Eucalyptus sp.

Mel heterofloral ou silvestre - presença de vários tipos polínicos contribuindo na formação do mel

 Mel Silvestre, pólen de Persea sp (abacate) e Baccharis sp (alecrim).

Fabricante e Distribuidor de Produtos Apícolas

Interessado em nossos produtos?

Entre em Contato

Responsabilidade Ambiental

O Apiário Silvestre tem como premissa para produção de alimentos o respeito ao meio ambiente.

Distribuidor APIÁRIO SILVESTRE

Entre em contato conosco por telefone, email ou envie agora uma mensagem pelo nosso site comunicando à nossa equipe seu desejo de distribuir os produtos da Apiário Silvestre ou para localizar o distribuidor mais perto de você.

Exportação Países

Entre em Contato

sac@apiariosilvestre.com.br